História do Gasômetro


A rua do gasômetro ficou conhecida pela grande quantidade de madeireiras instaladas nas suas imediações, madeiras motta desde 1964, leo madeiras e gasômetro madeiras, são algumas das empresas tradicionais da região do bairro do brás, instaladas na rua do gasômetro.


Rua do Gasômetro ano 1950

  

Quando o bonde caia da Praça da Sé, entrando pela Avenida Rangel Pestana, a esquerda via–se um enorme caldeirão de aço, que causa muita curiosidade as pessoas que por ali passavam pela primeira vês. “Aquele caldeirão” nada mais era do que o Gasômetro de São Paulo, próximo a Avenida Mercúrio, onde muitas mães levavam seus filhos com bronquite para aspirar o gás que exalava


Rua do Gasômetro ano 1916.

Rua do Gasômetro no primeiro plano. Na época essa rua atravessava a Várzea do Carmo (atual Parque Dom Pedo II) até a rua XXV de Março. À direita, o prédio da antiga estação Mercado (ou Tamnaduateí) do Trainway , com o relógio na torre.No plano médio, a rua XXV de Março. No fundo, sobre o talude, construções com frente para a rua Boa Vista, onde se destaca o prédio maior, do Frontão da Boa Vista, local onde houve a primeira exibição cinematográfica de São Paulo.

por: Sra. Eli M. de Moraes